10/01/18 | 8:59
Pessoas com deficiências podem usar telecentros como postos de agendamento para retirar carteira de passe livre

Uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) transformou os telecentros de 179 escolas municipais em postos de agendamento para cadastro de pessoas com deficiência que desejam renovar a carteira de passe livre. Porém, o recadastramento só é feito mediante o agendamento.

Os horários de atendimento são de segunda a sexta-feira, de 10h às 11h e das 16h até às 17h, para que não conflite com a utilização do espaço por parte dos estudantes das unidades de ensino. A única exceção será no telecentro do Complexo Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo, na avenida Maceió, zona Centro-Oeste, que ficará aberto de 8h às 17h.

De acordo com a gerente de Tecnologia Educacional da Semed, Aldemira Câmara, a parceria foi realizada porque uma das funções do telecentro é servir de apoio às comunidades.

“Uma das funções do telecentro é atuar no social. A ideia é descentralizar o serviço e ajudar na locomoção dessas pessoas com deficiência, que poderão fazer o agendamento próximo de suas residências”, explicou.

De acordo com o superintendente da SMTU, Pedro Carvalho, após o agendamento, o beneficiário será informado da data em que deve comparecer à sede da SMTU para concluir o recadastramento.

“Fizemos isso para organizar os atendimentos. Antes, essas pessoas com deficiência se deslocavam de suas casas até a sede da SMTU (no bairro Flores) e, como era muita gente, às vezes não dava para atender todo mundo. A partir de agora, será gerada uma senha e na data determinada a pessoa virá aqui e será atendida. É importante lembrar que os agendamentos já estão disponíveis e os atendimentos para a conclusão do recadastramento começam no dia 21 de setembro”, destacou.

Texto: Thiago Botelho

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054