Telecentro
Acessibilidade    Fale Conosco    Mapa do Site
Manaus, 18 de outubro de 2018
30/05/18 | 7:33
Jornada pedagógica reúne coordenadores do Telecentros da rede municipal de ensino

Iniciou nesta terça-feira, 06/3, a Jornada Pedagógica de Práticas de Ensino e Aprendizagens Personalizadas para coordenadores dos Telecentros, da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A formação vai até esta quinta-feira, 8/3, nos laboratórios de informática da Gerência de Tecnologia Educacional (GTE) e beneficia 150 coordenadores da rede municipal de ensino.

A jornada faz parte do calendário de formações do GTE. O objetivo é reconhecer os recursos tecnológicos disponíveis no Telecentro como instrumentos mediadores do processo de ensino-aprendizagem no espaço escolar.

As atividades planejadas para os coordenadores desenvolverem ao longo da formação possibilita aos participantes a contextualização de etapas do ensino, planejamentos, roteiros de estudo, sequências didáticas e resolução de problemas.

Nestes três dias, os coordenadores experimentarão três laboratórios rotacionais.  Cada um organizado em estações e desafios propostos de acordo da abordagem do ensino híbrido. O planejamento para os momentos de laboratórios rotacionais como Laboratório GSuite e portais educacionais e recursos digitais e recursos digitais off-line do Linux Educacional.

Para gerente do GTE, Aldemira Câmara, a ação faz parte do projeto formativo da gerência, em que os educadores contam com cerca de 20 recursos disponíveis para articular suas formações pedagógicas, de acordo com seguimento e ano dos alunos. “Esses três dias de jornada serão importantes para que os coordenadores novos e antigos possam trocar experiência do uso pedagógico, com uso das tecnologias nas escolas”.

Há dois anos como coordenadora do Telecentro na Escola Municipal Thomás Meirelles, no bairro Petrópolis, zona Sul, Suzana Albuquerque Cordeiro, sempre participa das qualificações. Para ela, cada formação é um novo aprendizado em prol dos 650 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental de sua escola.

“A jornada veio para somar, ter um trabalho muito melhor, mais abrangente dentro da escola e com a comunidade também. O Telecentro é o coração da escola”.

De acordo com Paulo Gravata, coordenador do Telecentro da Escola Municipal São José I, na comunidade Nossa Senhora do Livramento, no Rio, zona Ribeirinha, quem ganha são os 150 alunos da Educação Infantil ao 9º ano, além daqueles que fazem parte do Programa Mais Educação e comunidade em torno da escola.

“Esta jornada que estamos fazendo é justamente para termos uma visão geral de todos os recursos que o Telecentro pode oferecer para os alunos, professores e comunidade”, justificou.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054